Pouco para dizer, muito para escutar, tudo para sentir. A propósito do programa de rádio
ÍNTIMA FRACÇÃO OUVIR ON-LINE ou PODCAST

 


>
Íntima Fracção
> um programa de Francisco Amaral
>
> Contacto:
franciscoamaral@gmail.com


> RSS Feeds

>
Arquivos
12/2002
01/2003
02/2003
03/2003
04/2003
05/2003
06/2003
07/2003
08/2003
09/2003
10/2003
11/2003
12/2003
01/2004
02/2004
03/2004
04/2004
05/2004
06/2004
07/2004
08/2004
09/2004
10/2004
11/2004
12/2004
01/2005
02/2005
03/2005
04/2005
05/2005
06/2005
07/2005
08/2005
09/2005
10/2005
11/2005
12/2005
01/2006
02/2006
03/2006
04/2006
05/2006
06/2006
07/2006
08/2006
09/2006
10/2006
11/2006
12/2006
01/2007
02/2007
03/2007
04/2007
05/2007
06/2007
07/2007
08/2007
09/2007
10/2007
11/2007
12/2007
01/2008
02/2008
03/2008
04/2008
06/2012
05/2015
04/2016
09/2016
12/2016

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

 



 

 

 

29.11.07
 
Um blog confessional ?
Mudar de rumo ?

A diferença está nos objectivos:
que me importa o brilho do cristal sem o som do seu toque ?

Acrescentar uma única palavra a esta pergunta, pode provocar a implosão do seu significado.

0 Comentários
26.11.07
 
IF 26 de Novembro 2007

1 @ parte

# Fé de Sábio : Crepúsculo
# Junior Boys : When no one cares (iTunes session)
# Junior Boys : When no one cares
# Bradien : Tagatose
# Harmonic 33 : Space interval 1
# Donna Regina : Interlude
# Richard X com Deborah Evans Stickland : Walk on by
# Donna Regina : More
# Richard Hawley : The sun refuse to shine
# Nick Cave : What can i give you (never ending IF remix)
# Prefuse 73 : Awakening to A (extracto)
# Prefuse 73 : No special bed
# Stephan Oliva : Come rain or come shine
# Fé de Sábio : Flores de Inverno
# Kevin Drew : Big love
# Pedro Marques : Output 1-2
# Múm : Guilty rocks
# Lou Reed, Laurie Anderson, Brian Eno : As we sleep

2 @ parte

# Destroyer : Your blues (extracto)
# Cat Power : The Greatest
# David Sylvian : It'll never happen again
# Animal Collective : Loch Raven
# Felix Laband : Minka (compost)
# Stuart Steples : Marseilles sunshine
# Paddy McAloon : I trawl the megahertz
# Paddy McAloon : Sleeping rought
# The Montgolfier Brothers : It's over, it's ended, it's finished, it's done


Download mp3 - ESEC

Podcast - GavezDois

Rádio Clube Português - RCP

1 Comentários
25.11.07
 


Whose garden was this ?

0 Comentários
 
O TEMPO, ESSE GRANDE ESCULTOR

Uma das canções pop mais melodramáticas e desesperadas de sempre - Eloise. Por vezes, à beira da apoplexia. Foi nº 1 de vendas em 47 países em 1968. Barry Ryan cantou o que o irmão gémeo Paul compôs. Barry tinha uma linha visual que serviu, mais tarde, de inspiração a Alan Vega, dos Suicide.

Antes dos samplers, Eloise incluía uma inesperada curta incursão por Paint it black dos Rolling Stones.

Aqui está Barry na TV alemã em 1968, com vinte anos, e ao vivo em Junho passado na TV francesa. Barry é, actualmente, fotógrafo.

Também em Portugal, Eloise foi um tremendo sucesso airplay na rádio do final dos anos 60.




0 Comentários
24.11.07
 
50 anos depois, o que impressiona mais é o ar juvenil e inocente dos Everly Brothers (18 e 20 anos na época), tocando duas guitarras acústicas e cantando com voz de estudante liceal um dos maiores hits da música popular composto por eles próprios.

Bye Bye Love (1957)


0 Comentários
23.11.07
 
Recupero um post com dois anos :

Infantis, gloriosamente ingénuos, com o coração cheio e alegremente indefeso, houve um momento em que acreditámos poder ser amados incondicionalmente, que nenhum vento ou queda de água nos podia derrubar. Até que chegou a violência da corrente e as estrelas à noite transformaram-(se)-nos em pó.

Aos radialistas orfãos da noite.

0 Comentários
20.11.07
 
Ai Portugal Portugal

Post desanimado / revoltado contando com a participação especial de Jorge Palma (eterno).


0 Comentários
 
O Tempo, esse grande escultor

Sinto-me "moody".
The Moody Blues - The Actor.
1968 e 2005.

The sleeping hours takes us far
From traffic, telephones and fear
Put out your problems with the cat
Escape until a bell you hear




0 Comentários
19.11.07
 
IF 19 Novembro 2007

1 @ parte

# Boards of Canada : Everything you do is a balloon (extracto)
# Cary Brothers : Loneliest girl in the world
# A Guy Called Gerald : Beaches and deserts (extracto)
# montagem IF
# Tusia Beridze : Wound
# Simone White : Roses are not red
# Bon Iiver : Blindsided
# Julee Cruise : Rocking back inside my heart (a capella)
# Julee Cruise : Rocking back inside my heart (som do vídeo-clip)
# The Microphones : Instrumental
# Laurie Anderson : Only an expert (live)
# montagem IF
# Explosions in the sky : Your hand in mine (goodbye) - extracto
# António Olaio/João Taborda : Under the stars
# Soy un Caballo : Sons les paupières
# The Montgolfier Brothers : Sins and omissions
# At Swim Two Birds : Wine destroys the memory
# At Swim Two Birds : Darling (short IF loop)

2 @ parte

# Yuichiro Fujimoto - Joy
# The Residents - And i was alone
# Françoise Hardy - So many things
# Tba - made in
# Gordon Lightfoot - Your love returns
# The Albumn Leaf - Window
# Marianne Faithful - Times square
# Lars Horntveth - Pooka
# António Carlos Jobim - Vivo sonhando
# Dead Combo - Janela mediterrânica
# Giant Sand - Classico
# Kings of Convenience - Manhattan skyline
# World Party - And i feel back alone
# Leslie Feist - Now at last
# Tba - made in
# Saint Etienne - My Christmas prayer
# Shriekback - The only thing that shines
# Arvo Henriksen - Ending image

Rádio Clube Português - RCP - (domingo para segunda - meia noite)

Download mp3 - ESEC

Podcast - GavezDois

0 Comentários
 

Reencontrei os Fé de Sábio !
Recebi um mail de Adalmiro Ferreira, fundador do grupo em 1985.
Os Fé de Sábio eram (são !) um dos maiores entusiasmos que a Íntima Fracção teve na música portuguesa. Seguiram o seu precurso, sem o reconhecimento devido, entre 1985 e 1991. Estrearam-se em final de Maio de 1986 (um ano fulcral para a Íntima Fracção). Editaram (em edição de autor !!!) um único LP em Julho de 1990. Os seus instrumentais sempre foram uma referência obrigatória para a Íntima Fracção. Delicadíssimos. Introspectivos. Melancólicos e ao mesmo tempo expectantes e esperançosos. Respiram o ambiente do programa do princípio ao fim. São verdadeiras pérolas ignoradas pela maioria das estações de rádio e pelos programas que ainda havia nessa altura.

Com o mail vieram quatro temas inéditos que estavam para ser incluídos num EP em 1990/91. Brevemente poderei contar de novo com os Fé de Sábio, na Íntima Fracção.
Um pedaço de azul entre as núvens !
- em Agosto de 2005 foi remisturado "Funâmbulo" para o projecto "Paredes - Caixa de Música"

0 Comentários
18.11.07
 
Sunday Morning (Velvet Underground), como fundo sonoro para este curto filme "Scenes From The Life of Andy Warhol". Quarenta anos é mesmo muito tempo. A música, essa, continua única. Cruzei outras manhãs de domingo com sol, mas muito frias. Sózinho, caminhando pelas ruas, não há espera de um sinal, mas de um rosto preciso.


0 Comentários
16.11.07
 


Na próxima IF, vários motivos de interesse.
Regressa Julee Cruise, a voz de David Lynch.
Uma impressionante versão (a capella) de Rockin' back inside my heart.

Julee surgiu no universo Lynch por sugestão de Badalamenti. Uma versão de Song to the Siren esteve para ser incluída na banda sonora de Blue Velvet. No entanto, o preço a pagar pelos direitos era de tal maneira alto, que Badalamenti acabou por compôr uma canção (Mysteries of Love) para a qual indicou a voz etérea de Julee Cruise. Badalamenti tinha conhecido Julee num workshop que ele mesmo organizara em New York.

Actualmente, Julee vive em Manhattan e produz um novo disco para ser publicado em 2008.

0 Comentários
 
Aqui estarei para contar tudo o que quiserem e tudo o que eu quiser. Fraccionadamente e na intimidade do Ciberespaço.

Assim concluí o primeiro post deste blog, brevemente a completar cinco anos (30 Dez. 2002).
Ora cheguei à conclusão de que não é exactamente como eu pensava.
Não contei tudo o quiseram que eu contasse, nem tudo o que eu próprio queria contar !

Então ... como fazer ?
Cinco anos trouxeram tantos factos inesperados (que bom e que mau !), que, provavelmente ...
ONLY AN EXPERT CAN DEAL WITH THE PROBLEM !

0 Comentários
 


Estou, mais uma vez, desapontado com o ser humano. Chamo-me Robert Dziekanski e fui abatido pelos raios de uma Taser da polícia canadiana, a 14 de Outubro, no aeroporto de Vancouver. Há dez horas que lá estava, sem saber falar inglês, sem encontrar familiares ou amigos, apenas cansado, perdido e em pânico.

Se vir o vídeo e desejar fazer sentir ao governo do Canadá que não é só em Burma que a brutalidade existe, envie, em inglês ou francês, uma mensagem de desagrado para aqui.

0 Comentários
15.11.07
 
ONLY AN EXPERT CAN DEAL WITH THE PROBLEM ...



Turns out scientists and artists have a lot more in common than one would think. Neither of them knows what is it they're looking for and they both start out with a set of tools and try to come closer towards that certain something.

Laurie Anderson

0 Comentários
14.11.07
 
IF 12 Novembro 2007

1 @ parte

# Jens Lekman : And i remember every kiss
# Fairmont : Sedative for the sentimental
# Nick Cave : What can i give to you
# Nick Cave : So far from me (versão MTV)
# Joel Paias : Stay (faraway, so close)
# Fink : Make it good
# Patrick Watson : Sleeping beauty
# montagem IF
# Destroyer : Music Lovers (never ending IF mix)
# Bon Iver : Creature fear
# Piano Magic : Part-monster
# Art of Noise : Moments in love (introdução piano extracto)
# Southern Arts Society : That time is gone (extracto)
# Helios : The obeisant vine
# Electrelane : Carolina Wren

2 @ parte

# Gavouna : Fools (detuned guitar version)
# Simon Joyner : Flying dreams
# Simone White : You may be in darkness
# Ulver : Dead city centres (extracto)
# Jens Lekman : A little lost
# Nina Simone : If you knew
# Jeff Buckley : If you knew
# Alpha : Blue Autumn
# Azure Ray : November
# Andrei Tarkovsky - sons de Stalker (extracto)
# Jacques Higelin : Je ne peux plus dire je t'aime
# Lambchop : Autumn's vicar
# Elvis Costello : Fallen
# Tiger Lillies : The autumn leaves
# Doris Day : Please don't eat the daisies
# António Olaio + João Taborda : Under the stars

Rádio Clube Português - RCP - (domingo para segunda - meia noite)

Download mp3 - ESEC

Podcast - GavezDois

0 Comentários
13.11.07
 
Dos 169 milhões de europeus online, oito em cada dez acede através de uma ligação em banda larga, o que talvez explique a crescente popularidade dos serviços de vídeo online e de televisão. Trinta por cento dos inquiridos elegem ver filmes, televisão ou vídeo clips como a sua actividade favorita online, 20% fazer downloads dos mesmos, 31% ouvir rádio e, igualmente 31% fazer downloads de música.

European Interactive Advertising Association (EIAA)

0 Comentários
 
Depois disto, há ainda alguma coisa a dizer.
Di-la-ei, brevemente.

0 Comentários
11.11.07
 
Estranho.
Sinto-me estranho ao ouvir-me em espanhol realizando a Íntima Fracción na OLA - EMA rtv da Andaluzia. Está a acontecer. A Íntima Fracção emigrada. Sinto que a IF seguirá caminho nos novos media, via web. Na rádio hertziana, em Portugal, não direi nunca, mas sinto-me de partida. Quem está errado ? A IF ou a rádio portuguesa ? O emigrante ou o país que o obriga a emigrar ? Há muito que a IF se deslocara para a web. Aí ela continuará em simultâneo com a aventura espanhola.

0 Comentários
 
... e uma única nota do piano de Bécaud me faz saltar para uma outra época e uma outra música - Steppin' out (Joe Jackson) ...


0 Comentários
 
Passemos então a clássicos da música popular. Vamos ser abrangentes no que diz respeito a décadas, estilos. Sei muito mais do que o público da IF possa pensar. É que para além da IF, eu sou como um piloto de longo curso e tenho milhares de horas de outros voos ...

E agora ?
Et maintenant ... Bécaud, um músico / animal de palco, em 1962 e 35 anos depois ainda mais forte e desesperado.




0 Comentários
 
Franceses - AaRON - que já passaram (e passam) recentemente pela IF.
" I use to be someone happy ... you use to see that i'm friendly".

Ao vivo (Maio 07).


0 Comentários
 
Quem sabe, sabe mesmo e não precisa da electricidade para nada.
The Pretenders (com Chrissie Hynde, uma mulher sem tempo nem idade), a tocar no Live Aid (1985) e passados dez anos, o mesmo tema, mas acústico na Isle of View.




0 Comentários
 
O TEMPO, ESSE GRANDE ESCULTOR



Norman Mailer em 1948 e em 2007

Depois de tanto tempo a produzir rádio (podcasts, etc), acontece-me com frequência estabelecer ligação entre os mais variados factos e circunstâncias com a música. Agora, quase me envergonho, com a morte de Norman Mailer, regressou Are you ready to be heartbroken ? - de Lloyd Cole. A verdade é que não adiantaria nada mais um post sobre Norman Mailer, com tantas notícias cheias de biografias, comentários e até citações.

... Are you ready to be heartbroken? Pumped up full of vitamins. On account of all the seriousness. You say you're so happy now. You can hardly stand. Lean over on the bookcase. If you really want to get straight. Read norman mailer. Or get a new tailor. Are you ready to be heartbroken? Are you ready to be heartbroken? Are you ready to bleed? ...

Lloyd Cole, sózinho, acústico (extracto).


0 Comentários
 


O Eixo do Mal (SIC-Notícias), completou esta noite três anos.

Há três anos que me sento junto daquela mesa sem poder participar, mas sempre curioso do que eles dizem. Cheguei à música do genérico através da informação que recebi do Nuno Artur Silva. Também eu comemoro o terceiro aniversário do Eixo (ou do Mal ?), com um link para Enishie por Sengei Ono. Outras informações sobre o disco, aqui (citando o blog da IF).

- confesso que receio que me possam tirar este hábito dos sábados à noite. Nos últimos anos, todas as "restruturações" na Comunicação Social portuguesa têm sido para pior ...

0 Comentários
 
JENS LEKMAN - A LITTLE LOST



I´m a little lost
Without you
Well that could be an understatement
Now I hope that I have paid the cost
To let a day go by and not
Call on you

0 Comentários
 
PIANO MAGIC : PART-MONSTER



And I’m tired of easy music
And I’m tired of pretty girls
And I’m tired of being tired
And I’m tired of being hurt

0 Comentários
9.11.07
 


A Íntima Fracção está desde 4ª feira na grelha de programas da OLA - Onda Local de Andalucía, que abarca a más de un centenar de emisoras públicas municipales y alternativas.
A versão espanhola da IF (Íntima Fracción) pode ser ouvida nas 4.as e aos domingos, à meia noite espanhola (23 horas em Portugal). Transmissão também online, em directo, aqui e via satélite no Hispasat.
A Íntima Fracción, que tem o mesmo formato da versão original portuguesa, sendo apenas falada em espanhol, não será, por enquanto, disponibilizada para download na web.
Descubra aqui a nova parrilla (grelha) da OLA e encontre a Íntima Fracción.

0 Comentários
 
Completaram um ano as Miss Tapes publicadas online pelo Hugo Pinto. Muita gente não saberá onde ele as desenvolve. Embora aqui à mão, junto aos ouvidos, tão perto dos corações, as Miss Tapes vêm de longe. É um podcast ? É um download gratuito. Quem nunca ouviu perdeu quase tudo o que um coração longínquo e em mágoa pode produzir. A nossa proximidade provém também da pena a que fomos ambos condenados : o amor eterno. Cada um cumpre a pena como pode, perante a forma como ela se apresenta.

Miss Tapes são colectâneas imprescindíveis para quem precisa de boa música para sobreviver.

0 Comentários
 
Uma das mais belas cenas da História do Cinema.
Henry Dean Staton e Natacha Kinski em Paris Texas, de Wim Wenders.
A certa altura entra, muito suavemente de fundo, a música de Ry Cooder.


0 Comentários
7.11.07
 

ESTREIA ESTA NOITE A VERSÃO ESPANHOLA DA ÍNTIMA FRACÇÃO.

Íntima Fracción

estará "no ar", por la medianoche (23 horas em Portugal), às 4.as e domingos na EMA RTV (Sevilha) através da cadeia de emissoras da Andaluzia - OLA (Onda Local de Andalucía) - Sevilha, Huelva, Cádiz, Jaén, Cordoba, Granada, Almeria e Málaga.

Íntima Fracción pode ser escutada, em directo, através da net, aqui.
Íntima Fracción pode igualmente ser recebida por satélite - Hispasat: frequência 12.149 vertical, SR 27.500 .
Grácias a Alejandro Moreno ( que ainda não conheço pessoalmente ) por todo o entusiasmo !

0 Comentários
 
IF 5 Novembro 2007

# António Olaio & João Taborda : Under the stars
# montagem IF
# Guitar : Here
# Susumu Yokota : Amanogawa
# The Album Leaf : Malmo
# Amiina : Lori
# At Swim Two Birds : My luck is turning
# Nick Cave : As i sit sadly by her side
# Cocteau Twins : Sugar Hic Cup
# Broken Social Scene : Feel good lost (reprise)
# AaRON : Endless song
# AaRON : Endless song (cut by IF)
# Fairmont : Calm before storm
# Ulver : Dead city centres (extracto)
# David Bowie : Wild is the wind
# António Olaio & João Taborda : Under the stars

Rádio Clube Português - RCP - (domingo para segunda - meia noite)

Download mp3 - ESEC

Podcast - GavezDois

0 Comentários
5.11.07
 
Por motivos que desconheço, o RCP repetiu a 1ª parte da IF durante a 2ª hora de emissão. A versão completa estará online esta 2ªf, dia 5.

0 Comentários
 
DIA MUNDIAL DA ANIMAÇÃO

Uma das cenas mais entusiasmantes de The Wrong Trousers (Wallace and Gromit), de Nick Park (Oscar 1993).



E o regresso da dupla Wallace and Gromit à TV, com Nick Park falando dessa nova aventura de meia-hora. Nick que conheci há 15 anos, uma espécie de boy-wonder, e que nessa altura tinha ainda o aspecto de um rapazinho.




Já agora ... saudades do CINANIMA, cuja 31ª edição começa esta 2ªf, dia 5, e vai até ao fim da semana. Foi lá que em 1979 vi pela primeira vez essa fantástica experiência acústica-visual (para a época) - Autobahn, baseada no tema com o mesmo nome dos Kraftwerk, com produção do genial John Halas e realizada por Roger Mainwood.


0 Comentários
4.11.07
 
Um pequeno raio de luz no meio do escuro.
E talvez pudesse ser tudo tão fácil ...



* Simone White

0 Comentários
3.11.07
 
Faraway, so close.


0 Comentários
 


Novembro.

Nada me fala de outros Novembros.
A temperatura, a luz e a suspensão em que se parece viver.
A hora muda, mas o Outono mantém-se adiado. Noutros tempos sabíamos que era falso, que o Inverno era inevitável. Agora, ninguém se arrisca a afirmá-lo. Estranhos dias.


Duas mulheres cruzam a noite agasalhadas só porque é Novembro. A primeira árvore de Natal levantou-se só porque já é Novembro. Há muita gente nas ruas só porque não parece Novembro. Há muitos anos eu passeava contigo ao fim da tarde, mesmo já sendo Novembro. Um ano depois já me tinham levado para longe e eu nem sabia que já era Novembro. Começou aí o Inverno.


0 Comentários
início